Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carta à Berta / Desabafos de um Vagabundo / Miga, a Formiga / Estro

A partir de Julho de 2022 os blogs do Senhor da Bruma, assinados por Gil Saraiva, são reunidos em "alegadamente". Os blogs: Estro (poesia), gilcartoon (cartoons) e Desabafos de um Vagabundo (plectro) passam a integrar este blog. Obrigado.

A partir de Julho de 2022 os blogs do Senhor da Bruma, assinados por Gil Saraiva, são reunidos em "alegadamente". Os blogs: Estro (poesia), gilcartoon (cartoons) e Desabafos de um Vagabundo (plectro) passam a integrar este blog. Obrigado.

Carta à Berta: Boas Festas e Pedido Especial aos Leitores - Carta n.º 561

Berta 561.jpgOlá Berta,

Serve esta carta para, em primeiro lugar, te desejar um Feliz Natal, um Muito Bom Ano Novo e umas Festas Felizes, na companhia de quem mais desejares, bem como a menor interferência possível da Covid-19 nas Celebrações. Aproveito este tempo de alegria para, em segundo lugar, agradecer a todos os que desde o OUTONO de 2019 a este OUTONO de 2021 acompanharam os meus Quatro Blogs no Sapo.

Estou a falar, minha querida e amiga Berta, do Estro, o meu Blog de Poesia, localizado no site do Sapo, tal como os outros, em https://estro.blogs.sapo.pt e da Carta à Berta o meu Blog de Crónicas em formato de carta para uma amiga em https://alegadamente.blogs.sapo.pt mas também, ainda, do meu Blog de Cartoons, principalmente preenchido com as bocas de Miga, a Formiga e dos seus amigos sobre eventos ocorridos em Portugal e no estrangeiro, em https://gilcartoon.blogs.sapo.pt e, por fim, o meu Blog de Pensamentos, Desafogos, Referências Oportunas, Viagens, Fotografias e Vídeos denominado Desabafos de um Vagabundo localizado também no Sapo em https://pletro.blogs.sapo.pt.

Ao todo, minha boa amiga, entre o final de 2019 e o final deste ano tive a honra de receber um milhão cento e vinte e oito (1.000.128) visitas, nos quatro blogs, de todo o país e de muitos pontos do mundo.

Contudo, Berta, embora este seja um marco assinalável, para o qual muito contribuiu o Facebook, só no primeiro ano é que fiz questão de escrever diariamente nos quatro blogs, sem falhas, como se de uma obrigação se tratasse. Para além dos grupos do Facebook que administro: Lisboa com Alma, SIP Som Imagens e Palavras, Poesia, Campo de Ourique e Bairro de Campo de Ourique, apenas fiz divulgação, principalmente da Carta à Berta, em outros grupos do Facebook, ligados a Campo de Ourique, sempre que o tema tinha a ver com o bairro.

Para mim, que não sou um grande «blogger», nem nunca fui um «influencer», mas apenas um jornalista que ficou desempregado há quatro anos e que tentou seguir carreira como freelancer, depois de quarenta anos de atividade profissional e de vinte e cinco com carteira profissional de jornalista, é uma honra (e faço questão de agradecer do fundo do coração a todos quantos me seguiram) ter atingido, em apenas dois anos, estes números de audiência.

É engraçado constatar, cara Berta, que, se eu não tivesse outros filtros de contagens de visitas, segundo o Sapo, eu apenas teria no registo dez porcento destes números, ou seja, sensivelmente, cerca de cem mil visitas. Será que o Sapo, manipula os números para evitar a fuga dos seus bloguistas para outros sites, como o Youtube, onde estes podem ganhar dinheiro com os visitantes, para aforrar ele as verbas que poderiam ser distribuídas pelos criadores?

Parece-me bem que sim, mas não tenho provas concretas que o motivo seja esse, pelo que me resta deixar essa suspeita no campo indefinido do alegadamente. Seja como for, minha amiga, mais dia menos dia, o Sapo, terá de se tornar bem mais transparente e solidário. Afinal, vivemos tempos de mudança e muitas delas são para melhor. Faço agora, usando a tua carta para esse fim, um pedido aos leitores, a todos aqueles que me têm seguido.

PEDIDO ESPECIAL AOS LEITORES

No fim deste pedido segue a lista de locais de Portugal, de Territórios e de Países que têm pessoas que me visitaram nestes últimos quatro meses. Se, por acaso, o local onde vive não constar na lista por favor deixe um comentário no Facebook ou nos blogs do Sapo para que eu possa acrescentar o nome da sua terra, território ou país à lista.

Foi já muito tarde que tive esta ideia de ver os locais onde tenho sido lido, mas é deveras gratificante sabê-lo. Por isso, se quiser colaborar agradeço-lhe imenso a ajuda. Consulte as duas tabelas e veja se a sua terra consta no registo, caso não conste, perderá apenas menos de meio minuto a indicar-me de onde me lê. Muito, mas muito obrigado por tudo e até sempre.

Terras de Portugal com visitas nos meus blogs

Alverca / Águeda / Amadora / Aljustrel / Albufeira / Almada / Alijó / Aveiro / Algueirão / Angra do Heroísmo / Beja / Braga / Barreiro / Coimbra / Cascais / Castelo Branco / Carregado /  Celorico da Beira / Estoril / Évora / Ermesinde / Espinho / Entroncamento / Figueira da Foz / Figueiró dos Vinhos / Fátima / Felgueiras / Fuzeta / Funchal / Faro / Guimarães / Lisboa / Loulé / Leiria / Montijo / Mem Martins / Melides / Marinha Grande / Maia / Olhão/ Oeiras / Perosinho / Portimão / Paço de Arcos / Ponta Delgada / Portalegre / Palmela / Póvoa de Varzim / Porto / Queluz / Rio Maior / Santarém / Santo Tirso / Sintra / Setúbal / Seixal / São João da Madeira / São Domingos de Rana /  Sacavém / Torres Vedras / Tomar / Vila Nova de Famalicão / Vila Nova de Gaia / Viana do Castelo / Vila Real de Santo António / Vila Real / Viseu / Valença /

Territórios e Países com visitas nos meus blogs

Alemanha / Angola / Austrália / África do Sul / Bélgica / Brasil / Cabo Verde / Canadá / Estónia / Estados Unidos da América / Espanha / Escócia (Reino Unido = RU) / Filândia / França / Hungria / Hong Kong / Índia / Itália / Indonésia / Irlanda do Norte (RU) / Irlanda / Inglaterra (RU) / Japão / Luxemburgo / Líbano / México / Moçambique / Malásia / Macau / Noruega / Portugal / Países Baixos / País de Gales (RU) / Roménia / Rússia / República Checa / São Tomé e Príncipe / Suíça / Suécia / Timor Leste / Tailândia / Vietname / Venezuela / Zâmbia /

Por hoje é tudo, querida Berta, deixo os meus Votos de Boas Festas para ti e para todos os que foram tendo a paciência de me seguirem, despeço-me com um enorme agradecimento de coração e alma, este teu amigo de todos os dias e de sempre, saudosamente,

Gil Saraiva

 

 

 

Carta à Berta: Boas Férias Minha Querida Berta

Carta à Berta.jpgOlá Berta,

Aproveito este início de agosto para fazer uma pausa nestas cartas. Digamos que vou de férias. Não quer isso dizer que vou viajar, nem muito menos que vou mudar muito as minhas rotinas quotidianas. Apenas serve esta pausa de agosto para te deixar respirar sem me teres por perto a zumbir lamentos e alegrias aos teus ouvidos a toda a hora e segundo, minha querida amiga.

Voltarei em setembro para que retomemos a nossa já longa rotina. Aproveito para te recomendar que, durante estas próximas semanas, te mantenhas afastada de crianças entre os zero e os quinze anos. Graças à Graça da DGS temos uma faixa da população sem vacina.

Nem a deixa do Presidente da República, a dizer que a opção (uma intervenção muito inteligente) ficaria ao critério dos pais, evitou que a senhora dos equívocos convictos viesse reforçar que os pais só poderiam vacinar as crianças com problemas ou mediante carta médica atestando a recomendação da vacina.

Graça Freitas, no meu entender, é o rosto da desgraça e das más opções da DGS ao longo deste ano e meio. Uma afronta à inteligência e bom senso dos portugueses. Espero que rapidamente chegue a sua hora de passagem à reforma e ao descaso que denota precisar com urgência. Beijos e boas férias minha querida, deste amigo de sempre,

Gil Saraiva

 

 

 

Carta à Berta: Férias na Fuzeta

Berta 323.JPG

Olá Berta,

Férias, férias e mais férias. Estou aqui na Fuzeta, minha amiga, e chegado ontem aqui fiquei a saber que te ias ausentar. Pena que logo agora não estejas por cá. Podias ter sido uma grande ajuda nas minhas escolhas gastronómicas diárias e sempre púnhamos a conversa em dia ao vivo e a cores.

Todavia a vida é mesmo assim. Por mais que se tente nem sempre as coisas acontecem exatamente como se desejam. Haverá, por certo, outra oportunidade mais tarde. Vim, conforme te tinha dito para um alojamento local. Por sorte trata-se da casa de uma amiga de juventude, pois de outro modo ser-me-ia impossível despender a verba necessária para o alojamento. Não que seja caro. Efetivamente não é, porém eu é que estou a ganhar pouco.

Não sei se soubeste aqui na vila, mas aqui não há Covid. Nem um único caso ativo para assustar a população. O que é engraçado porque, entre alguns turistas e residentes, temos não só os filhos da terra, como marroquinos, ingleses, franceses, dinamarqueses, alemães, suecos, espanhóis e italianos por aqui a passear.

Hoje não me vou alargar mais, quero ir dar mais uma voltinha que a de ontem, à chegada, foi curta. Deixo-te um grande beijo de saudades, este teu amigo de sempre,

Gil Saraiva

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em destaque no SAPO Blogs
pub