Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carta à Berta

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

"Galeria de OBRIGADOS" - I: "OBRIGADO" a José Alberto Carvalho

Berta 319.jpg

Olá Berta,

Conforme prometido dou hoje início, nesta nossa já longa troca de cartas, repletas de observações, comentários e opiniões, à minha “Galeria de Obrigados”. Podia começar pelo passado, era mais fácil falar daqueles que já não estão entre nós, numa temática deste género. Porém, não é isso que me apetece fazer. O meu primeiro eleito nesta minha galeria muito especial é um jornalista, tal como eu, é certo, mas com outro nível de exposição mediática, uma vez que é uma das caras da locução do Jornal das 8 da TVI. Estou obviamente a referir-me a José Alberto Carvalho: Um verdadeiro Senhor.

Ainda este ano o galardoado com o meu “OBRIGADO”, fará 53 anos, lá para o dia 12 de dezembro. É um beirão nascido em São Pedro de Alva, freguesia do Concelho de Penacova, Distrito de Coimbra. A freguesia, com a nova reorganização absorveu a sua vizinha, São Paio do Mondego, e agora é sede da nova União de Freguesias resultante dessa fusão. São mais de 31 anos de uma carreira imaculada.

O “OBRIGADO” deve-se ao excelente profissionalismo de José Alberto Carvalho aliado ao caráter de cavalheirismo, integridade e humanismo que o caraterizam sobremaneira. Todos o vimos por várias vezes, entre março e o início deste mês, de lágrima no canto do olho verdadeiramente aflito com os dramas sociais provocados face à pandemia.

Nunca José Alberto Carvalho foi agressivo numa entrevista que tenha conduzido, nem as que menos lhe agradaram. Aliás, jamais o presenciámos a ser incisivo de forma rude ou arrogante durante uma entrevista a um convidado, político, comentador ou especialista. A educação, a postura, a simpatia, a sensibilidade e o profissionalismo parecem estar sempre presentes na vida deste jornalista que se mantém modesto, sereno, humilde e um enorme ser humano, agora que já é diretor do Comité Editorial do Grupo Media Capital, detentora da TVI, estação onde se mantém como pivot do principal jornal do canal quatro.

José Alberto Carvalho é o melhor exemplo daquilo que um jornalista deve ser. Nunca o vimos enxovalhar um entrevistado para sobressair. Nunca perdeu o fio à meada num noticiário ou numa apresentação. Em resumo, querida Berta, não vem ao caso aqui o currículo do jornalista, para isso existe a Wikipédia e outros sites onde facilmente se encontram centenas de informações sobre o brilhantismo destes mais de 31 anos a dar a voz e a sua imagem enquanto jornalista. Aqui só é preciso dizer “OBRIGADO”.

Despeço-me mais uma vez, querida amiga, com um beijinho de até amanhã, cheio de saudades como sempre e ao teu dispor sempre que necessitares,

Gil Saraiva

 

Berta 318.JPG

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub