Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carta à Berta

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta: Vivências em Campo de Ourique - Açorda Secreta de Marisco à Gil

Berta 220.jpg

Olá Berta,

Com a abertura dos cafés e restaurantes em Campo de Ourique o bairro voltou quase ao seu antigo esplendor. Não reabriram todos, é certo, mas uma grande maioria já mexe novamente. Para mim, que moro na Rua Francisco Metrass entre os 3 supermercados (Pingo Doce, Go Natural e Minipreço), o confinamento quase tinha quintuplicado, em movimento e quantidade, as pessoas nos passeios. Agora a situação começa a parecer um pouco mais normal. Já não vejo filas de 30 a 50 pessoas desde que o desconfinamento teve início.

Eu, que me encontro confinado desde o início de fevereiro, primeiro por questões pessoais e depois pelas recomendações da DGS, para quem, como eu, faz parte dos grupos de risco, tive 3 vezes fora de casa. A primeira por causa de ter de ser hospitalizado e internado por 12 dias, por problemas de vesícula e uma segunda devido a uma consulta médica solicitada pelo hospital, a que, infelizmente, não pude fugir.

Quanto à terceira, fui jantar ao Restaurante Verde Gaio, no primeiro dia em que reabriu, pois andava mortinho por um piano grelhado, confecionado primorosamente pelo senhor Jorge. Escusado será mencionar que a única saída que me agradou foi esta última. Sou fã incondicional do Verde Gaio e ainda para mais o restaurante fica na minha rua.

Falar no Verde Gaio abriu-me o apetite. Depois de acabar a carta, querida Berta, vou fazer uma Açorda Secreta de Marisco à Gil. Acompanhada de um bom Vinho Verde bem fresco. Como já sei que queres a receita, aqui vai ela:

Açorda Secreta de Marisco à Gil

Para 4 pessoas

Ingredientes:

  • Miolo de 1 Kg de Ameijoa Vietnamita (abertas no vinho, no limão e Azeite);
  • ½ Kg de Camarão sem casca cortado em 2 (Tamanho 50/70 aprox. os gulosos usam 1 Kg de camarão);
  • 100 g de Toucinho ou Bacon;
  • 1 linguiça pequena (sem pele);
  • 250 g de Pão de trigo ou caseiro duro (partido em pedaços pequenos);
  • 1 Cebola média (picada miúda);
  • 8 dentes de Alho (picado miúdo);
  • 3 Ovos tamanho M ou L.
  • 1 l de água de cozer (molho) o Camarão.
  • 1/4 l de vinho branco
  • 1 colher de chá de Açafrão (em pó);
  • 1 colher de chá de Caril (em pó);
  • 3 colheres de chá de massa de pimentão
  • 1 molho de Coentros (cortados fininhos, com os talos, à tesoura);
  • ½ molho de Salsa (cortados à mão);
  • Sumo ½ Limão;
  • Sal q.b.;
  • Piripiri em dose generosa;
  • 1 dl de Azeite;
  • Nota: Faça sempre um molho de camarão (mesmo que volte a cozê-lo, quer compre este cozido ou cru).
  • (Mariscos alternativos: um outro tipo de ameijoa, ou, a juntar a gosto, em miolo, lagosta, lavagante, lagostim, conquilhas, berbigão).

Confecionar:

  • Num prato: o miolo de Camarão e das Ameijoas e meta-o no frigorifico.
  • Corte o Toucinho ou Bacon e a Linguiça em pedaços muito pequenos.
  • Frite-os numa frigideira, em lume brando, com Azeite, o Alho picado (todo), a cebola(toda) e alguns dos Coentros. Antes de terminar junte 100 ml dos molhos e deixe fervilhar.
  • Coloque num tacho, o Toucinho e a Linguiça, a Cebola, o Pão, o Sal, o Açafrão, o Caril, o restante Azeite, a massa de Pimentão, o que sobrou dos molhos (das Ameijoas e do Camarão), um Ovo e o Piripiri e deixe ao lume até ferver, mexendo sempre.
  • Deixe ferver entre um a 2 minutos e no final junte o Marisco e os 2 Ovos e o resto dos Coentros e da Salsa em falta. Ferve mais 2 minutos apenas, mexa sempre.
  • Depois sirva bem quente de preferência em prato de barro enfeitando com um raminho de Coentros ou Salsa.

Bom Apetite.

Por hoje é tudo, querida Berta, deixo-te um beijo de até amanhã, este que jamais te esquece, saudosamente,

Gil Saraiva

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub