Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carta à Berta

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta: O Regresso do Senhor da Bruma

Gil 09 0920.JPG

Olá Berta,

«O Regresso do Senhor da Bruma» quase parece nome de sequela de filme de suspense aos écrans de cinema, contudo, minha querida amiga, é apenas a volta ao contacto entre nós com as habituais crónicas, depois de 19 dias de férias.

Conforme prometido enviarei, nos próximos dias e pela ordem correta, devidamente colocados nos respetivos dias correspondentes, as cartas que ficaram em falta, pelo que, dentro de dias, estará preenchida a lacuna entre o dia 13 de setembro e o dia 2 de outubro. Conforme combinado todas serão colocadas no blog https://alegadamente.blogs.sapo.pt cujo título é Carta à Berta.

Também as colocarei no meu Facebook, pelo que as poderás ler pelo correio eletrónico, pelo Facebook ou pelo blog do sapo em causa, conforme te for mais conveniente. Estranhei, no entanto, que no dia em que chego à Fuzeta tu tenhas resolvido ir de férias cá dentro rumo ao conhecimento do nosso Portugal. Gostava te ter encontrado no Algarve. Ficará para uma próxima vez.

Depois de ter passado dezanove dias numa terra sem qualquer caso ativo de Covid, sem ouvir ou ler notícias, com exceção das desportivas, fez-me confusão ver o salto enorme que ocorreu em termos de infeções no país e no mundo. Mais admirado fiquei por termos sido ultrapassados no ranking por uma série de países que estavam bem longe.

Pela primeira vez abandonámos o top cinquenta dos mais infetados em termos de análise mundial. Ora tendo Portugal apenas 87 países com mais população que nós é de louvar a posição que ocupamos atualmente em termos de Estados afetados pela pandemia. Mais espantoso é se observarmos que em redor do território nacional temos algumas das situações mais graves, nomeadamente a Espanha, o Reino Unido, a França, a Itália e Marrocos.

Quanto às férias foram maravilhosas. Já o regresso foi mais complicado, porém, deixo isso para te contar amanhã. Por hoje despeço-me com um beijo de amizade deste teu amigo de sempre, que nunca te esquece,

Gil Saraiva

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub