Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carta à Berta

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta: O Campeão Sporting Clube de Portugal

Berta 524.jpg

Olá Berta,

O Sporting é Campeão da Primeira Liga de Futebol Profissional em Portugal. Como benfiquista que sou é com desportivismo que dou os parabéns aos verdes e brancos. Até ao momento trata-se de um campeonato ganho sem derrotas, sem espinhas e sem qualquer margem para dúvidas. Ganhou o melhor e, este ano, o melhor foi o Sporting Clube de Portugal. Cabe aos leões a glória de invadir o Marquês.

Não é fácil passar dezanove anos sem levantar o caneco. Nem mesmo é simples de assimilar que nos últimos cinquenta anos que o Sporting apenas por seis vezes tenha conseguido chegar ao topo. Nada melhor do que, depois de ter acabado de se tornar Campeão Europeu de Futsal, o clube de Alvalade veja o ano coroado com a glória de se tornar número um no futebol profissional português. Não há como não dar os parabéns, reforço e enfatizo,  ao Sporting Clube de Portugal pelo feito.

A obra de arte ganha foros de ironia e escárnio quando se sabe que o treinador foi um ex-jogador do Benfica, um tal de Ruben Amorim, que conduziu com mestria os leões novamente ao estatuto de reis da selva, dividindo a glória com uma equipa de miúdos nos quais depositou confiança e que conseguiram envergonhar Luís Filipe Vieira, Jorge Jesus e meter num saco sem fundo os cem milhões que este ano a SAD benfiquista gastou em jogadores.

Já eu, minha querida amiga Berta, que não queria de novo o Jorge Jesus no Benfica, sinto que foi feita justiça este ano. Custa assumir, é um facto, mas não deixa de ser a verdade, independentemente da tristeza que me invade a alma e o coração.

Resta-me o consolo de não ter sido o Futebol Clube do Porto a ganhar. Esse é, por força dos factos, o grande e verdadeiro rival do Benfica. Espero, como sempre se espera nos três grandes, que para o ano tudo seja diferente. Mas hoje não é dia de carpir seja o que for. Há um novo campeão nacional que merece festejar à grande e ao som da Portuguesa.

Resta-me deixar uma palavra ao Governo e em particular à DGS. Isto de vir para a imprensa dizer aos sportinguistas para terem contenção na celebração da vitória do campeonato, aliás, acompanhada por um apelo idêntico do Presidente da República, é uma forma idiota de fugir às responsabilidades. Há que tempos que o Estado sabe que este dia estava para chegar. Se querem contenção que criem os mecanismos policiais de segurança de forma a coordenarem e controlarem, da melhor maneira possível, os festejos e que não atirem para cima de quem não celebra à 20 anos o ónus da incompetência. Mais uma vez: PARABÉNS SPORTING! Despede-se com um sorriso amarelo, querida Berta, este teu amigo,

Gil Saraiva

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub