Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carta à Berta

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta é o local dos Desabafos de um Vagabundo, do Senhor da Bruma, essa bruma a que chamam de internet, de um Haragano, o Etéreo, qual cavalo selvagem que galopa entre cartas alegadamente, quiçá, sem fundamentos.

Carta à Berta: Livro - O diário Secreto do Senhor da Bruma - Os Primeiros Apontamentos - I.3

Berta 248.jpg

Olá Berta,

Folgo em saber que te tens rido das minhas observações. Nem sempre é fácil escrever algo que se destina a não ser lido. Contudo, julgo que o senhor em causa, ou seja, eu, não me importaria se soubesse que tu estás a ler, na integra o “Diário Secreto do Senhor da Bruma”. Pelo contrário, isto é, sei e aprovo. Só espero que te continue a entreter. Afinal só vou parar de o transcrever se tu me disseres que não queres ler mais. Mas voltemos ao Diário. Ia para o apontamento de 13 de janeiro.

I

Os Primeiros Apontamentos (continuação I-3)

 

Janeiro, dia 13:

Provérbios e pensamentos para um novo milénio:

  • Vale mais ser confinado que corno.

Janeiro, dia 14:

  • Se um vírus gerar uma pandemia é um libertino. Dá-se com qualquer um.

Janeiro, dia 15:

  • Covid-19 em morcego é ermita, em séniores é um <<Serial Killer>>.

Janeiro, dia 16:

  • Os vírus são os zombies do mundo microscópio, precisam de ser vivos para se multiplicarem, enquanto as bactérias são como as vacas, pastam por todo o lado e só algumas tresmalham. As que nos infetam ou matam são conhecidas por vacas loucas.

Janeiro, dia 17:

  • A semelhança entre um assassino psicopata e um vírus mortal é que nenhum deles pensa antes de matar. O psicopata só tem a vantagem de poder jantar primeiro.

Janeiro, dia 18:

  • Se os vírus não são seres vivos não é de médicos que o mundo precisa, mas de exorcistas.

Janeiro, dia 19:

  • No século XX a máscara era usada para roubar, no século XXI serve, principalmente, para desconfinar.

Janeiro, dia 20:

  • Uma prostituta é uma mulher que não acredita em confinamentos. Um cabrão é o marido da desconfinada. Já um garanhão é um homem que sabe saltar a cerca e a mulher deste é… apenas a cerca.

Janeiro, dia 21:

Atualizações para um dicionário de português em tempos de pandemia:

Coronavírus (1):

  • Vírus em formato de coroa (do latim “coronam”, que no castelhano derivou para “corona”), sendo vulgar nos animais selvagens (não confundir com a expressão brasileira de silvestres), contudo, perigoso quando salta entre espécies e atinge o Homem.

Janeiro, dia 22:

Coronavírus (2):

  • Zombie microscópico que adora atormentar a espécie humana. Varia de qualidades e caraterísticas no seio da sua própria família e está sujeito a mais mutações do que político em período eleitoral.

Janeiro, dia 23:

Covid-19:

  • Doença provocada pelo coronavírus, nomeadamente, pelo SARS COV 2, o caçula dos coronavírus. A doença propaga-se pela saliva ou espirros entre humanos. É um bom antídoto para quem não aprecia beijos e abraços. Quando se agrava pode ser mortal, principalmente, se associada a grupos de risco ou a pessoas com idade para terem juízo. Nos jovens está provado que alastra com uma facilidade inversamente proporcional ao grau de inteligência de cada um.

Janeiro, dia 24:

Confinado (a):

  • Pessoa que se viu na obrigação de se abster de convívio com terceiros, sentindo-se obrigada a manter-se o mais isoladamente possível, na maioria dos casos, no reduto da sua própria habitação. Impropriamente usado para designar um individuo tímido que se recusa a sair da casca ou, nalguns casos, a reconhecer que gostaria de pegar de empurrão.

 

Podia continuar, mas não quero ser aborrecido com demasiado palavreado de uma só vez. Amanhã também é dia e, enquanto fores tendo paciência, cá estou eu para que me possas ler. Despeço-me com saudades, o amigo do dia-a-dia, sempre ao teu serviço, minha querida Berta, junto um beijo fresco,

Gil Saraiva

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

Em destaque no SAPO Blogs
pub